Bolsonaro vai se filiar ao Partido da Mulher Brasileira para disputa reeleição em 2022 - Falando com Autoridade
atualizado.gif

08 março 2021

Bolsonaro vai se filiar ao Partido da Mulher Brasileira para disputa reeleição em 2022


O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu se filiar ao Partido da Mulher Brasileira (PMB). A legenda ainda não tem representantes no Congresso, contando apenas com três deputados estaduais: Diogo Senior, no Amapá; Neto Loureiro, em Roraima; e Maria Bethrose Fontenele Araújo, no Ceará. O chefe do Executivo pretende assumir o controle do PMB como presidente ou presidente de honra e alterar o nome do partido. Na nova legenda, Bolsonaro vai se preparar para a sua campanha de reeleição em 2022, junto com aliados. Bolsonaro se candidatou às eleições em 2018 filiado ao PSL, mas se desfilou em novembro de 2019, quando Luciano Bivar (PE) assumiu o comando da legenda. O presidente tinha um projeto de criar o partido de direita Aliança pelo Brasil, mas foi encerrado com a nova decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: