Cadela de rua encontra faca usada em feminicídio na Grande BH - Falando com Autoridade
atualizado.gif

08 junho 2021

Cadela de rua encontra faca usada em feminicídio na Grande BH


 Uma cadela de rua encontrou a faca supostamente utilizada por um homem para assassinar a namorada na cidade de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime foi cometido em março de 2019.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o animal aparece com o objeto na boca. Apesar da arma ter sido encontrada um dia após o crime, as imagens só foram divulgadas agora.

A empregada doméstica Margarete de Souza, de 38 anos, teria sido morta pelo namorado, Antônio Silva de Souza, de 43 anos. De acordo com a sobrinha da vítima, Gabriela de Jesus, Margarete teria sido morta após discutir com o acusado, que estaria embriagado.

Uma vizinha nos chamou falando que os dois estavam discutindo e, em certo momento, a Margarete parou de falar. Logo depois, o Antônio foi para o quintal e começou a falar “o quê que eu fiz?”. 

O animal que localizou a faca vivia na rua da vítima e, segundo familiares, era alimentado por Margarete diariamente. De acordo com o advogado Cézar Souza, a perícia da Polícia Civil comprovou que o objeto, que estava no terreno ao lado da casa da mulher, foi usado no crime.

Publicidade

— Foi feito um exame de compatibilidade e isso mostrou que a ferida encontrada na Margarete é compatível com a faca. Além disso, o objeto apresentava marcas de sangue.

O acusado foi preso poucas semanas após o crime e permaneceu na cadeia até abril de 2020, quando foi transferido para a prisão domiciliar. O julgamento já foi adiado quatro vezes e a nova data marcada é dia 28 de setembro, quando Antônio Silva de Souza irá a júri popular.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: