No Gabinete das Sombras: os cientistas e um presidente louco - Falando com Autoridade
atualizado.gif

05 junho 2021

No Gabinete das Sombras: os cientistas e um presidente louco


 A ficção do cinema se confunde com a realidade quando o assunto é Jair Bolsonaro na pandemia da covid-19. Párea mundial, como único presidente que abandonou a nação a própria sorte na maior pandemia de todos os tempos. O surgimento de um gabinete das sombras formado por especialistas da área de saúde ganhou ares macabros de um filme de terror no coração do país. 

A notícia que de fato há no governo Jair Bolsonaro, um ‘gabinete paralelo’ de orientação e para tratar da resposta oficial à pandemia da Covid-19, veio à tona na sexta-feira (05).  Na reunião de cientistas, um dos membros além do presidente da republica, o virologista Paolo Zanotto, chegou a propor que o ‘gabinete paralelo’, fosse chamado de ‘gabinete das sombras’, já que os assuntos a se tratar são de extrema confiabilidade entre seus membros.

“Talvez fosse importante montar um grupo, e a gente poderia ajudar a montar um ‘shadow board’, como se fosse um ‘shadow cabinet’, traduzindo: ‘gabinete das sombras’. Esses indivíduos não precisariam ser expostos à popularidade”, declarou o cientista Zanotto na reunião, ocorrida no Palácio do Planalto.

Nas imagens em vídeo do 'gabinete das sombras', figuras da ciência conhecidas por negarem a própria ciência. Além Zanotto, o deputado e médico, chamando pelo presidente Bolsonaro de assessor, Osmar Terra (MDB), e a médica Nise Yamaguchi, que depôs na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, nesta terça (1/6), e afirmou "desconhece qualquer gabinete paralelo" de aconselhamento ao presidente sobre pandemia, mas admitiu participar de um "conselho científico independente".

No conselho científico citado por Yamaguchi, estava lá, um empresário que não entende patavina de medicina, diga-la de como tratar um paciente de uma gripezinha; digo, Carlos Wizard, fundador da Wizard, maior rede de ensino de idiomas do Brasil. 

Em geral, são cientistas do chamado “tratamento precoce contra a doença, uma estratégia sem eficácia para lidar com a pandemia e que apresenta riscos de efeitos colaterais para pessoas que ingerir a droga. Também divergem da estratégia de distanciamento social e relativizam a importância da vacinação.


membros do gabinete das sombras
Membros do gabinete das sombras: grupo de cientistas convidados pelo presidente Jair Bolsonaro a orientar ações na pandemia.

No antro de cientistas negacionistas, um louco colocado pelos brasileiros na presidência da republica. Jair Bolsonaro é a esdrúxula figura que fez de tudo para retardar as compras das vacinas para apostar em uma suposta imunidade de rebanho orientada pelo seu ‘gabinete das sombras’. 

As imagens da sexta-feira revelada pela mídia brasileira, é a prova cabal que a CPI da Covid precisa para provar que o presidente Jair Bolsonaro contribuiu com as mortes de quase 500 mil pessoas na pandemia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: