OPOSIÇÃO DE MAIQUINIQUE É DERROTADA EM MAIS UM RECURSO CONTRA A ATUAL GESTÃO. - Falando com Autoridade
atualizado.gif

21 março 2022

OPOSIÇÃO DE MAIQUINIQUE É DERROTADA EM MAIS UM RECURSO CONTRA A ATUAL GESTÃO.



A oposição de Maiquinique tentou mais uma vez, sem sucesso, forjar o afastamento do Prefeito e Vice-Prefeita, Jesulino (União Brasil) e Marizene (Dra. Zaza) (PMB). 



Depois da Vice-Prefeita Marize Gusmão ter conseguido a liminar do Ministro Alexandre de Moraes que suspendia os efeitos do recurso anterior, que afastava o Prefeito Jesulino e ela própria, a oposição buscou mais uma vez, por vias jurídicas, uma forma de tentar afastar os dois, porém, mais uma vez fracassou. 


A oposição alegou que o prefeito Jesulino deveria ser afastado, mantendo a sua vice Marizene, porém é muito claro na decisão de Alexandre de Moraes que o mesmo coloca em sua liminar que, além de se manter a Vice-Prefeita, tem de se suspender os efeitos da decisão anterior. Ou seja, mantêm-se os dois: Prefeito Jesulino e Vice Marizene. 


Assim foi entendido no atual recurso, no qual a oposição foi derrotada. O TRE-BA - órgão que a oposição entrou com recurso - entende que a chapa é indivisível, sendo, portanto, a decisão de Alexandre de Moraes válida para Prefeito e Vice-Prefeita.

O documento esclarece que "[...] o pedido elaborado pelo PODEMOS de Maiquinique, foco da presente análise, não comporta deferimento." Encerra-se o mesmo documento com a decisão do Desembargador Roberto Maynard Frank sendo a seguinte: "Sendo assim, por tudo o que aqui se delineou, INDEFIRO, o pedido formulado pelo PODEMOS do Município de Maiquinique, mantendo-se, pois, nos cargos de prefeito e vice-prefeita da referida municipalidade, respectivamente, JESULINO DE SOUZA PORTO E MARIZENE SANTOS GUSMÃO.".

Parte do documento que frisa a decisão do TRE-BA tomada pelo Desembargador Roberto Maynard Frank


A oposição busca de todas as formas criar barreiras contra a atual gestão, porém acaba se emaranhando em suas próprias contradições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: