ITAPETINGA: POPULAÇÃO DEMONSTRA GRANDE INSATISFAÇÃO COM PROPOSTA DO PREFEITO RODRIGO HAGGE (MDB) DE AUMENTO NA COBRANÇA DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA NO MUNICÍPIO - Falando com Autoridade
atualizado.gif

08 dezembro 2022

ITAPETINGA: POPULAÇÃO DEMONSTRA GRANDE INSATISFAÇÃO COM PROPOSTA DO PREFEITO RODRIGO HAGGE (MDB) DE AUMENTO NA COBRANÇA DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA NO MUNICÍPIO


Em Itapetinga, o prefeito Rodrigo Hagge (MDB) propôs uma nova forma de cobrança na iluminação pública do município que tem sido vista com maus olhos pela população e provocado um racha entre os próprios vereadores de situação e insatisfação por parte do empresariado da cidade.

A ideia proposta pelo prefeito é de que quanto mais uma residência consuma, mais ela pagará pela tarifa de iluminação pública. Essa forma de tarifa gerará um aumento no bolso do consumidor de 1,50% a 180%, isso porque a classe de consumidores será dividida em quatro: Residencial; Rural; Comercial e Industrial. Atualmente, a lei municipal coloca um limite de 10% para todas as faixas de consumo.

Todas as classes de consumidores serão bastante afetadas e terão um aumento significativo nos seus bolsos, por essa razão a proposta tem gerado uma revolta em toda a população geral, mas a reclamação principal tem partido de comerciantes e empresários que já têm cogitado, inclusive, entrar em contato com o governador eleito Jerônimo Rodrigues (PT) para migrar para outra região, caso a proposta seja aprovada.

Pelo fato da proposta ser um absurdo sem tamanhos, já houve até um racha entre os próprios vereadores do lado do prefeito Rodrigo Hagge, que já têm pensado em contrariá-lo e votar contra o projeto de aumento da cobrança da iluminação pública.

Realmente, é um projeto sem cabimento e fora da realidade de absurdo, entretanto, muitas discussões políticas têm sido tratadas em cima dele, de modo que só saberemos nos 45 do segundo tempo se será aprovado ou não e quais vereadores irão se colocar contra toda a população itapetinguense apoiando tamanha extorsão do bolso dos munícipes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: