IBICARAÍ: EX-PREFEITO ENTRA NA MIRA DA CGU E TCU POR UTILIZAÇÃO IRREGULAR DAS VERBAS DO COVID-19 - Falando com Autoridade
atualizado.gif

24 março 2023

IBICARAÍ: EX-PREFEITO ENTRA NA MIRA DA CGU E TCU POR UTILIZAÇÃO IRREGULAR DAS VERBAS DO COVID-19


O ano de 2020 ficou marcado com o surgimento da pandemia do Covid-19 que é uma infecção respiratória aguda causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, potencialmente grave, de elevada transmissibilidade e de distribuição global.

Com isso o Ministério da saúde destinou a todos os municípios brasileiros ajuda emergenciais para combate ao vírus a exemplo de Ibicaraí recebeu aproximadamente 3 milhões de reais entre os meses de Abril a Outubro de 2020.

Muitos gestores usaram na forma correta, outros o gastos como exemplo a cidade de Ibicaraí que na época tinha como gestor o ex-prefeito Lula Brandão, em relatórios colhidos pela redação do Bahia Expresso a prestação de contas apresentada pelo ex-Gestor não condiz com os gastos efetuados, investimentos de forma errônea, compra por exemplo de tubos de oxigênios sem comprovação, já que é sabido por toda sociedade que os pacientes do munícipio eram encaminhados aos hospitais de Itabuna e região. Aluguéis de estruturas para barreiras sanitárias com valores muito acima do mercado. O momento mais crítico da pandemia na cidade os medicamentos não chegavam a quem deveria.

Com isso os órgãos fiscalizadores CGU — Controladoria-Geral da União - Governo Federal e TCU Tribunal de Contas da União, estão de olho nas prestações de contas que apresentam erros, vale lembrar que o gestor teve suas contas do Covid reprovadas e já sofre penalidades em órgãos federais pelo uso irregular do precatório do covid, já denunciadas pelo site.











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: